sábado, 18 de novembro de 2017

Saint-Paul-de-Vence! Beleza nas colinas da Riviera Francesa! Saint-Paul-de-Vence! The beauty of the French Riviera's hills!).

Saint-Paul-de-Vence construído em 1400, é um dos lugares mais lindos e antigos das colinas da Riviera Francesa, ao sul da França, distante 19km da cidade de Nice. Não foi por acaso que o grande pintor russo, pioneiro do modernismo, Marc Chagall (1887-1985), escolheu este paraiso inspirador para viver até a sua morte.
Anote estas dicas e desfrute deste vilarejo medieval murado de 4.000 habitantes, mas que no verão europeu recebe mais de 1 milhão de turistas:

1. COMO CHEGAR:
Em Nice pegue o ônibus  "Linha 400" do transporte público, em um dos muitos pontos espalhados pela cidade, mas diga que quer descer em Saint-Paul-de-Vence, porque o destino final é VENCE, mas são duas cidades diferentes, e se não avisar ele vai direto.

2. ONDE FICAR:
Você pode se hospedar em Nice, que é a segunda maior cidade da França, com muitas opções de hotéis, mas  como o turismo é a principal atividade da região, também têm hotéis dentro da vila murada de Saint-Paul ou nos seus arredores.

3. O QUE VER:
Caminhe pelas ruelas pavimentadas de pedrinhas olhando para todos os lados, e perca  a respiração com a perfeição dos detalhes das casinhas, janelas e fontes, onde tudo vira obra de arte misturado ao colorido e perfume das mais belas flores.

4. O QUE FAZER:
Entre nas diversas galerias de arte mesmo que não compre, todas valem a pena serem apreciadas, também não deixe de visitar as inúmeras lojinhas com  muitos souvenirs, entre tantos é impossivel não comprar os perfumados  sabonetes de lavanda, temperos gourmet e azeite de oliva.

5. GASTRONOMIA:
As caves com degustação como a La Petite Cave (47, Rue Grande), vão fazer a alegria dos apreciadores de um bom vinho, afinal você está na França.
Também têm ótimos restaurantes e cafés.

Saint-Paul-de-Vence! A beleza medieval da  Riviera Francesa!

Built in 1400, Saint-Paul-de-Vence is one of the most beautiful place in the south France's French Riviera, distant 19km from Nice. Not by random that the famous  Russian's painter, the pioneer of modernism Marc Chagall (1887-1985), chose this inspired paradise to live until his death.
Take the following tips to enjoy this medieval walled village with 4000 inhabitants, which houses more than 1 million tourists in the European Summer:

1. HOW TO ARRIVE:
In Nice you can take the "Line 400" bus of the public transportation, in one of the many stops spread by the city. When on board don't forget to tell the driver that you want to stop in Saint-Paul-de-Vence, because the bus final destination  is in VENCE, a different city.

2. WHERE TO STAY:
You can stay in one of the many hotels in Nice, which is the second largest city in France. Also inside the walled village of Saint-Paul or in its outskirts, you won't have any problem to find accommodations, because the tourism is very strong in that region.

3. WHAT TO SEE:
Strolling by the narrow streets paved with little stones, looking at all  sides to admire the details of the little houses, windows and fountains mixed with the scent and colors of the beautiful flowers, where everything is artwork.

4. WHAT TO DO:
Go inside of the many art galleries, even you don't buy nothing a visit worth. In the gorgeous little stores full of the local souvenirs it's impossible don't take home the scent lavender soaps, gourmet spices or the olive oils.

5. GASTRONOMY:
The many wine tasting places like La Petite Cave (47, Rue Grande) will make happy the wine lovers with a wide selection of wines from France. Many excellent restaurants and cafes are also available there.

Saint-Paul-de-Vence! The French Riviera's medieval beauty!




domingo, 12 de novembro de 2017

Inhotim! O maior museu a céu aberto do mundo! (Inhotim, Brazil! The world's largest open air museum!).

O inacreditável museu Inhotim, o maior museu a céu aberto do mundo,  localizado em Brumadinho, Minas Gerais, no meio do nada no sudeste brasileiro, é mais do que obrigação ser visitado. Distante 55km da capital Belo Horizonte, foi idealizado por seu fundador e proprietário Bernardp Paz, que contou com as ideias do seu amigo, o renomado paisagista Roberto Burle Marx (1909-1994), em um dos projetos mais ambiciosos do mundo, que foi aberto ao público em 2006. Espalhado em 1 milhão de metros quadrados de caminhos embelezados pela vistosa vegetação da Mata Atlântica, o museu abriga mais de 200 trabalhos e instalações de 97 artistas famosos  mundialmente. Atualmente atrai centenas de milhares de visitantes ao ano, que escalando os caminhos ou a bordo da frota dos carrinhos elétricos, vão circulando entre os pavilhões e galerias. Hoje os jardins abrigam mais de 4.000 espécimes de plantas, e atraem cientistas que lá vão para estudar a maior flora viva do hemisfério.
Entre as muitas instalações, você vai achar um kioske com paredes espelhadas dentro e fora de VALESKA SOARES, e quando lá dentro, é impossível parar de dançar acompanhando o casal projetado na tela ao som de "The look of love", mas o trabalho mais impressionante é da artista plástica ADRIANA  VAREJÃO, que num prédio de 3 andares ela dedica ao Rio de Janeiro as paredes cobertas por seus azulejos brancos trincados e pintados de motivos portugueses em azul, já em outro andar  termina dramaticamente com ruinas de paredes azulejadas em branco e a borda finalizada em pedaços de carne  coberto com sangue, retratando muito bem a violência na nossa história.
Aberto de terça à sexta das 9:30h às 16:30h.
Sábados, domingos e feriados das 9:30h às 17:30h.
Ingresso R$ 44,00.
Gratuito às quartas.
Carrinhos elétricos cobrados à parte.
Bons restaurantes e cafés em agradáveis recantos somados a uma lojinha com souvenirs bacanas, só completam este passeio imperdivel.

Inhotim! Só indo lá para  acreditar que existe algo assim no Brasil!

The unbelievable Inhotim, the world's largest open air museum, located in Brumadinho, Minas Gerais state in the middle of the southeast Brazilian nowhere, is an obligation to visit. Distant 55km from the capital Belo Horizonte, one of the world most ambitious project by the founder and owner  Bernardo Paz, with the help of his friend, famed landscape artist Roberto Burle Marx (1909-1994), was opened to the public in 2006. Spread over 1 million square meters of  thick patches of Atlantic Rainforest, houses more than 200 impressive works and installations from 97 world known artists. Each year hundreds of thousands of visitors trek paths or board the fleet of eletric cars shuttle between the pavilions and  galleries.Today its gardens boast more than 4000 plant species which attract sciencists to study the largest collections of living plants in the hemisfere.
Among many artists works you'll find the  VALESKA SOARES kioske, with an outside and inside mirrored walls, when you enter at  the room, a image of a couple from a big screen invites you to dance "The look of love" song. The gallery of ADRIANA VAREJÄO is one of the most disturbing work, in a three story pavilion  dedicated to Rio de Janeiro, where a near empty room is tiled over in pleasing blue-and- white motifs, ending  abruptly with broken walls with pieces of meat painted in blood, showing the violence of Brazil's history.
Open Tuesday to Friday, 9:30 a.m. to 4:30 p.m.
Saturday, Sunday and Holiday, from 9:30 a.m. to 5:30 p.m.
Tickets R$ 44,00, and free admittance on Wednesdays.
Good restaurants, cafes and a gorgeous local souvenirs design store, are available in this amazing place.

Inhotim! No one believes that something like this exist in Brazil!






domingo, 5 de novembro de 2017

Nova Orleans, Estados Unidos! Muito mais que jazz! (New Orleans, Mississippi! Much more than jazz!).

Se você quer alegria, festa e música por todo o lado, o tempo todo, o destino certo é Nova  Orleans. Fundada em 1718, por exploradores franceses, às margens do Rio Mississippi, no estado do mesmo nome, ao sul dos Estados Unidos. Com 360.000 habitantes, conhecida  por ser a "Capital do Jazz", famosa pela culinária Cajun, e pelo carnaval de Mardi Gras que atrai 4 milhões de turistas, tudo junto neste lugar mágico onde  mantém viva a tradição dos bondes, carruagens e barcos à vapor.
Pegue estas dicas e o seu colar de contas e divirta-se na cidade onde  a tristeza não existe:

1. ONDE FICAR:
HOTEL LE MARAIS (717 Conti St). Além de super aconchegante é uma ótima opção por estar localizado no coração do  Bairro Francês (French Quarter), o bairro mais antigo de Nova Orleans que com 13 quarteirões entre a Canal Street e a Esplanade Avenue, é o melhor local para se hospedar, embora a poucos passos da Bourbon Street, o hotel é bem silencioso.
Café da manhã incluído.

2. O QUE FAZER:
Vá para a Bourbon Street, a rua mais famosa do French Quarter, para seguir as originais bandas de jazz que vêm em blocos distribuindo os coloridos colares de contas, aceite o seu e já  entre no ritmo. Ao anoitecer as variadas casas noturnas abertas dão as boas-vindas, com seus shows gratuitos. Entre na maioria possivel só pagando pelo que consumir, e descubra que esta cidade vai muito além do jazz.

2. O QUE VER:
- CATEDRAL DE SÃO LUIZ. Localizada na praça Jackson Square, é uma das mais antigas catedrais dos Estados Unidos, construída originalmente em estilo espanhol em 1727 com muitos murais pintados no seu interior.
- MERCADO FRANCÊS. Também localizado na Jackson Square, onde é impossível não ser atraído pelas cores vibrantes dos souvenirs misturados aos tons das frutas, verduras e comidas, neste antigo e belo mercado fundado em 1791.

3. MARDI GRAS:
Considerado um dos maiores carnavais do mundo, quando a cidade entra em ebulição com milhares de turistas chegando para uma semana de festejos. Se fantasie para fazer parte do próximo carnaval de Mardi Gras em 13 de fevereiro de 2018, com muitos desfiles já começando em janeiro, mas os melhores desfilam entre 9 e 13 de fevereiro. A festa só termina na  Terça Gorda ("Fat Tuesday" como por lá é conhecida), antes da Quarta-feira de Cinzas.

4. CULINÁRIA CAJUN:
Com muitas opções de restaurantes, se quiser experimentar a culinária Cajun da Louisiana,  comece com o prato mais marcante, GUMBO (pronuncie Gambo), que é um ensopado com vários tipos de carnes,   engrossado com quiabo e apimentado, ou vá de JAMBALAYA, camarão com molho picante.
Como por lá tudo têm pimenta, se não tolerar o condimento, lembre-se das 3 palavras mágicas  NO SPICE, PLEASE! (pronuncie SPÁICE), mas elas só ajudam, se pronunciadas na hora de fazer o pedido.

New Orleans! Só alegria!

If you're looking for a complete happiness trip, New Orleans is a perfect destination, full of music everywhere all the time. Founded by French explorers in 1718, on the edge of the Mississippi River, in the South of the United States. With 360.000 inhabitants, known as the Jazz Capital, famous for the Cajun Culinary, and the Mardi Gras Carnival which attracts 4 millions tourists, all together in this magic place where keeping alive the chariots, steamboat, and trams tradition.
Follow those tips wearing a colorful beads necklace, and have fun in a city that the sadness never takes place:

1. WHERE TO STAY:
LE MARAIS HOTEL (717 Conti St). Cozy with a fantastic location in the heart of the French Quarter, the oldest quarter of New Orleans with 13 blocks from  Canal St to Esplanada Ave, is the best place to stay, even on a walking distance to Bourbon St., yet the hotel area is  pretty quite.
Breakfast included.

2. WHAT TO DO:
Go to the famous BOURBON ST anytime to follow the nice street Jazz Bands, accepting the colorful beads necklace given on the street. At night the opened night clubs welcoming you to the free awesome different shows. Go inside to enjoy as many as you can, paying for what your consume only.

3. WHAT TO SEE:
- SAINT LOUIS CATHEDRAL. Located in the Jackson Square, is one of the oldest cathedral in the United States, originally built in 1727, in a Spanish style with many paintings in its interior.
- FRENCH MARKET. Located also in the Jackson Square, where it's impossible don't be attracted with the souvenirs vibrant colors mixed with the fruits,  vegetables and food, inside that old beautiful market, built in 1791.

3. MARDI GRAS:
Considered one of the biggest Carnivals in the world, when millions of tourists arriving to the  one week festive  celebration throughout the whole city. Get a costume to be part of the next Mardi Gras on February 13, 2018, with many parades starting in  January, but the best ones will be on February  (9 -13). Fat Tuesday is the last day of the Carnival season the day before Ash Wednesday.

4. CAJUN FOOD Culinary:
If you wanna try the Louisiana Cajun culinary, start with GUMBO a famous spiced stew of meats mixed with okra vegetable to ticken the sauce, but if you are shrimps lover,  JAMBALAYA is a  perfect order with shrimps in a spiced sauce. Be careful with the Cajun Food hot-tasting, if you aren't fan of peppers.

New Orleans! Happiness only!





sábado, 28 de outubro de 2017

Curitiba/Morretes! Não perca este trem! (Curitiba/Morretes, Brazil! Don't miss this train!).

Se estiver visitando  Curitiba capital do Paraná, embarque no próximo trem para Morretes, e se deslumbre  com a Serra do Mar e a beleza da Mata Atlântica, neste passeio que foi eleito um dos melhores de trem no mundo, e é o  segundo mais procurado pelos turistas no estado, só perdendo para as cataratas de Foz do Iguaçu.
Pegue estas dicas para não perder este trem:

1. COMO CHEGAR:
Compre a passagem na Rodoferroviária (Av.Pres. Affonso Camargo), na região central de Curitiba, feita somente pela Serra Verde Express, com saída diária no único horário de 8:15h, em cabines simples, com banheiro e lanchinho, e duração de pouco mais de 3 horas. Procure sentar no lado esquerdo, para ter visão completa e privilegiada, e sensação de estar flutuando na  "descida" de uma altitude de 945 metros acima do nível do mar, nesta ferrovia de 110km de trilhos, inaugurada em 1885, que cruza 13 túneis e algumas pontes. Nos finais de semana têm opção do trem de luxo, com horário, assentos, lanchinhos e preço diferente, óbvio.
Em Morretes o único horário do trem para Curitiba é às 15:00h, mas não compensa esta  volta no mesmo trajeto, pois fica cansativa, já que a distância entre os lugares é de 70km, que pode ser feita através dos ônibus da Viação Graciosa. Se puder pagar mais pelo conforto, em Curitiba, compre nas agências de turismo o pacote completo, que inclui traslado do hotel, passagem no trem,  almoço com o famoso "barreado" em Morretes,  e a volta em vans, com trajeto pela Estrada da Graciosa, que com muitas hortênsias pelo caminho, honra o nome, e ainda faz uma parada na vizinha cidade histórica de Antonina.

2. O QUE FAZER:
Ande vagarosamente pelas ruas de pedra da histórica Morretes, esta gracinha  de lugar com 16.000 habitantes, fundada em 1721, apreciando as casas coloniais e as  muitas lojinhas locais.

3. ONDE COMER:
No Restaurante Madalozo, no centro de Morretes, entre muitas  opções de restaurantes, é obrigação provar o "barreado", prato típico local, feito com carne cozida lentamente na panela de barro e farinha de mandioca, servido com banana e outras guarnições. Mas por favor não se assuste quando o garçom virar o prato com esta iguaria acima da sua cabeça, para testar a  consistência, entre na brincadeira, e reze para que nunca caia.
Depois da experiência única deste almoço, reserve um espaço para provar um dos muitos sabores dos deliciosos sorvetes locais.

Curitiba/Morretes! Embarque neste trem!

If you are visiting Curitiba, capital of the Paraná's state, don't miss  this amazing trip to Morretes by train, crossing the scenic beauty of the Serra do Mar (Sea Mountain), and  going nside of the Mata Atlântica (Atlantic Forest). Considered one of the best trip by train in the world, it's also the second most wanted tour in this state after the  Iguaçu Falls.
Take these tips, and don't miss this train:

1. HOW TO ARRIVE:
Buy your train's ticket to  Morretes in the Rodoferroviária (Bus/Train Station), located in Curitiba's downtown region. The economic class train with bathroom, and snacks service leaves daily at 8:15 a.m., by Serra do Mar Express company only, and the trip takes a little more than 3 hours. Try to seat on the left side to get a complete view of the mountains, and feel like you are floating when the train "going down" by the mountains in an altitude of 945 meters above the sea level, crossing 13 tunnels and some bridges, with 110km of railways, built in 1885.
Deluxe Train is also available at the weekends.
From Morretes to Curitiba the train leaves  daily at 3p.m., but worth to come back by Viação Graciosa buses, because the distance between the  cities is 70km, and be back in the same train route is so boring.
If you want more confort, in Curitiba, buy a complete tour at the Tourism Agencies, more expensive, but it included   transportation to your hotel, train ticket, lunch in Morretes serving "barreado", and trucks to take you back to Curitiba by "Estrada da Graciosa", a beautiful road with hydrangeas on its path, making also a stop in a pretty historic neighbor  city of Antonina.

2. WHAT TO DO:
In that gorgeous and bucolic  city of Morretes founded in 1721, with 16.000 inhabitants, strolling slowly by the stones paved streets admiring the colonial houses and the local little stores.

3. WHERE TO EAT:
In Morretes, Madalozo Restaurant is a good choice, among many others restaurants serving  the local dish "barreado" prepared with meat and yucca flour, and cooked slowly in a clay pan, served with bananas and other side dishes. But please don't be scared when the waiter turn down the plate over your head, showing the consistency of the "barreado", be part of the joke praying for it never falls in somebody's head. After that unique meal experience, if you aren't full, try one of the many flavors of the delicious local ice creams sold in the city's ice creams shops.

Curitiba/Morretes! Boarding on this train!





domingo, 22 de outubro de 2017

Montevidéu! Merece ser visitada! (Montevideo, Uruguay! A visit worth!).

Embora o destino mais visitado do Uruguai seja  Punta del Este, já descrita aqui no blog como a jóia Uruguaia, a capital Montevidéu merece uma escala. Com 1,6 milhão de habitantes, banhada pelo Rio Prata, as ruas têm clima de interior e arquitetura europeia.
Visite estes lugares tranquilamente, pois ela está na lista das cidades mais seguras do mundo:

- MERCADO DEL PUERTO
(Cidade Velha "Ciudad Vieja", em frente ao Porto de Montevidéu): Neste aglomerado de 14 restaurantes abertos diariamente, no porto onde os grandes cruzeiros ancoram, o aroma da melhor carne assada circulando em bandejas provenientes da imperdível "parrillada",  autêntico churrasco em série, é indescritível. Aguarde lugar nas mesas sempre lotadas em um dos animados balcões, e comece os trabalhos com um "Medio a Medio", aperitivo delicioso feito de champanhe e vinho, e neste momento tenha absoluta certeza de que o paraiso existe.

- FERIA TRISTÁN NARVAJA (Calle Tristán Narvaja, Cordón)
Circule por esta feira de antiguidades, onde você encontra de tudo, livros, discos e muitos objetos.
Domingos das 8h às 14h.

 - Na CIDADE VELHA caminhe olhando para cima para não perder prédios como o Edificio Salvo de 1928, ou o Teatro Solis de 1909, com seus pesados lustres Baccarat.

- Nos CASINOS, tente a sorte, ou só visite o maravilhoso Sofitel Casino Carrasco, na luxuosa construção de 1921 que reinaugurou em 2013, depois de 16 anos fechados, ou o do Radisson Victoria Plaza, também têm as salas de caça-niqueis de Marañas Entertainment, na Avenida 18 de Julho.

- Na BODEGA BOUZA que fica a 20 minutos do centro, dá para caminhar entre as parreiras, conhecer as uvas, e também se quiser têm  almoço em grande estilo.

-  Na RUA BACACAY, também na  Cidade Velha se concentram as  lojinhas de designers uruguaios como a TIEMPO FUNKY, ótima para presentinhos.

Montevideu! Merece uma escala!

Although Punta del Este is the best destination in Uruguay, described on this blog as an Uruguayan's jewel, but the capital Montevideo also deserves a stop. With 1,6 million inhabitants on the banks of the Prata river, has calm streets in an European architeture.
Visit those places in one of the most safety city in the world:

- DEL PUERTO MARKET, located in "Ciudad Vieja" (Old City).  Compounded by 14 restaurants where the cruises arriving, and  opened daily, the smelling of the "parrillada", authentic variety of barbecue meats serving on a trays is indescribable. While waiting for a table, on the bar asking for a "Medio Medio", a delicious drink prepared with wine and champagne, and feel like you are in a paradise.

 - TRISTÅN NARVAJA ANTIQUE FAIR.
Strolling on this fair of antiques to find anything from books to all sort of goods.
Sundays only, from 8a.m. to 2p.m.

- In CIUDAD VIEJA, walking on the streets looking up to the Salvo  building, built in 1928,  and the heavy Baccarat lamps from the Solis Theater, built n 1909.

- In the CASINOS try your luck, or just visit the magnificent Sofitel Casino Carrasco in a luxurious place built in  1921, which was closed for 16 years, and reopened in 2013, also  the Radisson Victoria Plaza Casino, or the slots machines in the Marañas Entertainment (18 de Julho Ave.).

- In the BODEGA BOUZA (Bouza Vineyards), 20 minutes from downtown  you can walk in the vineyards, learn about the grapes, or stay there for an incredible lunch.

On the BACACAY STREET, also in the Old City, you'll find many stores from Uruguayan's designers like TIEMPO FUNKY, perfect to buy little gifts.

Montevideo!  Deserves a stop!

domingo, 15 de outubro de 2017

Zaragoza! Dois mil anos em um dia! (Zaragoza, Spain! Two thousand years in one day!).

Se estiver viajando para a Espanha, não deixe de incluir Zaragoza em seu roteiro. A graciosa capital da região de Aragão à margem do Rio Ebro, está localizada entre Madri e Barcelona. Fundada pelo Imperador  César Augusto no ano 24 a.C, têm importante patrimônio cultural que reúne 2000 anos de história.
Anote estas dicas para desfrutar mais da cidade e da sua arquitetura:

1. COMO CHEGAR:
Distante 313km de Madri ou Barcelona, você leva um pouco mais de uma hora em trem de alta velocidade (AVE).

2. O QUE FAZER:
Andar pela imensa PRAÇA PÚBLICA DEL PILAR, que abriga 2 catedrais e 1 museu com as ruinas de um fórum romano.
Caminhe à margem do Rio Ebro, apreciando as cúpulas de um colorido brilhante da belíssima CATEDRAL BASÍLICA  DEL PILAR, que têm museu, e pinturas de Goya no seu teto. Entrada gratuita, só paga se visitar o museu, ou subir à torre.

3. O QUE VER:
O MUSEU GOYA, que está instalado numa casa da nobreza da Renascença, mostra mais desenhos do que telas, da obra de  Francisco José de Goya y Lucientes (1746-1828), famoso pintor espanhol. Aberto diariamente das 10h às 20h, e até às14h aos domingos.
Ingressos €4.
O PALÁCIO DE LA ALJAFERÍA com seu belo jardim, foi tombado em 2001 como patrimònio da humanidade pela UNESCO, e agora abriga o Parlamento Regional.
Ingressos €5, e grátis aos domingos.

4. ONDE COMPRAR:
A loja de departamentos EL CORTE INGLÉS  (Passeo de Sagasta, 3), é um lugar perfeito para todas as compras e souvenirs.

5. ONDE COMER:
Nas duas principais ruas,  a CALLE ESTABANES ou a CALLE LIBERTAD, são destinos certos para saborear as tradicionais TAPAS, pequenas porções de azeitonas, queijos, presuntos, etc.
Evite chegar entre às 17h e 20h, pois encontrará vários locais fechados.
O zaragozacard.com, oferece descontos em várias atrações, válidos  por um dia, e com o Zaragoza Card Tapas nos restaurantes participantes, você consegue combo de 4 tapas mais cerveja ou vinho ou água por €13.

Zaragoza! Perfeita para visitar em um dia!

If you are traveling to Spain think about to include Zaragoza in your trip's itinerary. The gorgeous capital of the Aragon's region on the banks of the Ebro River is located between Madri and Barcelona. Founded by the Emperor Caesar Augusts in the year 24 BC has an important cultural patrimony, which brings together 2000 years of history.
Following those tips to enjoy more the city and its architecture:

1. HOW TO ARRIVE:
Distant 313km from Madri or Barcelona,  you'll take a little more than one hour to arrive there, on board of a high speed train, (AVE).

2. WHAT TO DO:
Strolling in the huge DEL  PILAR PUBLIC PARK, which houses a museum with ruins of a Roman forum, and 2 cathedrals.
Walking on the edge of the Ebro River to enjoy  the shinning colorful domes of the stunning cathedral BASILICA DEL PILAR, which has a museum, and Goya's paintings in its ceiling.
Free admittance, but for the museum or to go up to the tower need tickets.

3. WHAT TO SEE:
In a Renascence's house the GOYA MUSEUM shows more drawings than paintings from the artworks of José de Goya y Lucientes (1746-1828), the famous Spanish's painter.
Opened daily from 10a.m. to 8p.m., and until 2p.m. on Sundays.
Tickets €4.
The PALÁCIO DE LA ALJAFERIA with a beautiful garden,  became UNESCO world heritage in 2001, and nowadays houses the Regional Parliament.
Tickets €5, and free admittance on Sundays.

4. WHERE TO BUY:
The department store EL CORTE INGLÉS (Passeo da Sagasta, 3), is a unique place for all your shopping and souvenir needs.

5. WHERE TO EAT:
The CALLE ESTABANES and CALLE LIBERTAD streets,  are perfect destinations to enjoy TAPAS, the traditional Spanish's dish of small portions of olives, ham, cheese, egs, etc.
Avoid arriving between 5 and 8p.m., because most of the restaurants are closed on that time.
The zaragozacard.com, offers discounts in many attractions for one day, with the Zaragoza Card Tapas, a combo with 4 tapas plus beer or wine or water, in a participated restaurants, costs €13.

Zaragoza! A perfect place to visit in one day!


domingo, 8 de outubro de 2017

Serra da Bocaina! Natureza sem fim! (Serra da Bocaína, Brazil! Endless nature!).

É simplesmente indescritível a beleza da Serra da Bocaina, este precioso santuário de fauna e flora localizada numa faixa da Mata Atlântica, entre os estados do Rio de Janeiro e São Paulo.
Já na entrada por Bananal, SP à 158km do Rio, você já começa a se deslumbrar com as depressões exuberantes da Bocaina.
O que fazer neste paraiso:
1. PARQUE NACIONAL DA SERRA DA BOCAINA:
Com porta de entrada por São José do Barreiro, SP, no Vale do Paraiba, distante 225km do Rio, em uma área de 100.000 hectares onde desfilam muitos espécimes da  fauna local, na mais rica amostra da Mata Atlântica, que têm os melhores meses para visita entre maio e agosto, é mais frio, mas com trégua das chuvas.
Lembrando que veículos motorizados precisam de autorização do IBAMA para entrar no parque, que é destino perfeito para os apaixonados por carros 4X4.

2.  REFÚGIO ECOLÓGICO VALE DOS VEADOS:
Um dos vales mais bonitos da Serra da Bocaina, conta com a Pousada Vale dos Veados, e um gracioso restaurante rústico construído com toras de pinheiros e pedras, que serve deliciosas refeições saídas quentinhas do fogão à lenha. Um lago em um caminho de hortênsias completam esta paisagem romântica.

3. CACHOEIRA DOS VEADOS:
Com 3 quedas d'água que chegam à quase 200 metros, é uma das mais bonitas da região, e a maior do parque,  localizada à 20km da portaria.

4. CASA DE PEDRA:
No caminho do Pico do Tira Chapéu, com quase 2000mt de altitude, você vai encontrar as ruínas desta construção em estilo francês, do inicio do século passado.

5. FAZENDAS:
As fazendas erguidas no século XVIII fazem  parte do património histórico e cultural, onde você terá uma visão panorâmica das nossas raizes. Entre tantas opções, algumas oferecem visitação guiada, refeições e hospedagem.

6. HOSPEDAGEM:
HOTEL FAZENDA 3 BARRAS (Rodovia dos Tropeiros, km 320 s/n - Bananal):
Com acomodações em chalés ou apartamentos, esta fazenda construída em 1813 oferece muitas opções de lazer e ótimo café da manhã.
POUSADA CAMPOS DA BOCAINA (Estrada da Bocaina, km 24,4)
Delicia de lugar, num paraiso aconchegante, com lareira, ótimos café da manhã e  atendimento.

7. RESTAURANTE:
LA TAVERNA BISTRO (Rodovia Salvador Pacetti km 65,5):
Voltando para o Rio, no caminho  entre Cunha e Paraty, vale à pena parar neste delicioso bistro  especializado em cogumelos e pescados.

Bocaina! Têm que ir!

It is really indescribable the beauty of "Serra da Bocaina", this precious fauna and flora's  sanctuary located between Rio de Janeiro and São Paulo's states, in one of the largest reserves of Brazilian Mata Atlântica. When arriving in the city of Bananal, SP, distant 158km from Rio, you will be amazed with the Bocaina's magnificent ground  depressions.
What to do in this paradise:
1. SERRA DA BOCAINA NATIONAL PARK:
Distant 225km from Rio,  with an area of 100.000 hectares, the park's main entrance is in São José do Barreiro, SP, in the Paraiba's Valley, with  many local animals from   the Mata Atlântica's  fauna. The best time to visit the park are between the months of May and August, with  cold temperatures in Brazil, but rainless.
Motorized vehicles needed an IBAMA's authorization to the park's admittance, which is a perfect place for 4X4 car's lovers.

2. VALE DOS VEADOS ECOLOGICAL REFUGE:
In the most beautiful Serra da Bocaina's valley, you'll find Vale dos Veado's Bed&Breakfast, and a cozy restaurant built with stones and pine trees, serving delicious food prepared on a fire stove.
A lake surrounded by  hydrangeas path make it a romantic place.

3. WATERFALLS:
CACHOEIRA DOS VEADOS:
Located 20km from the park's main entrance, is one of the most beautiful waterfalls, reaching 200 meters high.

4. CASA DE PEDRA (STONE HOUSE):
In the way of the Tira Chapéu Peak, with an altitude of almost 2000 meters, you'll find the stone house's ruins, which was built in a French style, in the beginning of the last century.

5. FARMS:
The farms built in the seventeenth century there, are part of the Brazil's cultural roots  history.  In some of them you can just visit, have a meal, or staying in there.

6. WHERE TO STAY:
- HOTEL FAZENDA TRÊS BARRAS:
Staying in the cottages or in the apartments to enjoy many leisure's options in this old farm built in 1813.
A delicious breakfast is included.
- CAMPOS DA BOCAINA BED&BREAKFAST:
Cozy and romantic with fireplace, excellent service and good breakfast.

7. WHERE TO EAT:
LA TAVERNA BISTRO:
In the way back to Rio, between Paraty and Cunha, make a stop in this delicious Bistro, and ask for any dish prepared with mushrooms or fishes.

Bocaina! You must go!